www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Colunistas
Busca 
O despreparo, omissão e desinteresse do estado em relação às necessidades da população
       Por José Magno Macedo Brasil

É evidente a ausência de qualidade de vida da população, vivemos no Brasil carências em todo os seguimentos estruturais, falado de condições básicas de desenvolvimento, notamos a falta de investimento na saúde, educação, segurança, habitação e muito mais, ainda convivemos com deficiências que nos remetem a situações que nos envergonham nos deixando preocupados com a projeção desse cenário. Temos uma educação deficiente que acaba não sendo para todos, essa falta de educação em sua estrutura cria a falta de oportunidades, que gera uma serie de causas refletindo na instabilidade social que vivemos, nesse contesto se ramificam a violência, drogas, prostituição, crime organizado e etc. Uma relação de ação e reação que aparecem na falta de segurança que vivemos no país.

Nossa saúde sucateada, não temos do estado o encaminhamento que deveria ser dado nesse aspecto, os hospitais numa situação lastimável, pessoas morrendo nos corredores, sem falar na falta de prevenção que deve ser prioridade como forma de tratamento, quando falamos em saúde temos que pensar nela (saúde) em sua totalidade (física, psicológica e social) envolvendo a doença, o sintoma e o núcleo sócio-economico, englobar todos os fatores diretos e indiretos dentro desse processo, mais não vemos isso muito pelo contrario não há direcionamento e planejamento do que tem que ser feito a curto ou longo prazo.

E o “estado” tem grande responsabilidade dentro dessa problemática, às políticas publicas são poucas e ineficazes sem sustentabilidade demonstrando o descaso e despreparo dos nossos governantes. Esse é um problema nosso, não sabemos escolher e pagamos o preço, o estado no âmbito que for (municipal, estadual e federal) tem obrigação de cumprir suas atribuições e uma delas é tentar suprir as necessidades da população, exemplos dessa realidade são vários. Fui coordenador de grupo de apoio para dependentes químicos e família e percebi o quanto não temos apoio do estado, trabalhamos sozinhos e o respaldo não existe, e a responsabilidade do estado aonde está? Temos que questionar porque tanta falta de apoio, é desinteresse ou despreparo? Não temos respostas porque quem deveria nos dar se omite, a questão é urgente e temos que nos posicionar com a cobrança imediata.

Temos convivido com esse estado inoperante e negligente, nossa fiscalização e cobrança são atitudes fundamentais para pressionarmos os responsáveis e também para as mudanças, quem nos governa são colocados lá por nos e cabe a nos tira-los, o aprendizado nos torna mais lúcidos e conscientes enquanto cidadãos, que saibamos usar nossa cidadania como argente de mudança da nossa realidade social, buscando sempre melhores condições de qualidade de vida. A liberdade de pensar e agir são grandes conquistas enquanto nação que almeja o desenvolvimento social. É importante também pontuar nossa responsabilidade essencial dentro dessa realidade como sociedade organizada, somos a referencia para que tudo possa se encaminhar positivamente através da nossa postura decisiva e firme a nível de cobranças, vamos fazer nossa parte como sociedade consciente das necessidades de mudanças que precisamos buscar.

José Magno Macedo Brasil,
Psicólogo com Especialização em Abordagem em Psicanálise

 
   
"Direito Penal é instrumento de proteção de direitos humanos"
    
   
Carta Capital
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS