www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Colunistas
Busca 
Qualidade x Pouco tempo de preparação
       Por Ramiro Piergentile Neto (Esporte)

A equipe do CREC que se apresentou no dia 17 de novembro deste ano, para o retorno do campeonato Estadual de futebol, trouxe jogadores de altíssima qualidade, o elenco já era interessante, mas agora chegam peças que vão contribuir muito.
 
O Cobra do Norte, enfrenta seu maior rival, a SERC, o jogo será realizado em Rio Brilhante com mando de jogo para o Costa Rica, vale dizer que o CREC não jogará em casa pois o gramado do Laertão foi trocado para modernização, porém não ficando apto para a competição, a ideia foi levar o jogo pra Rio Brilhante, para que a equipe Chapadense, também sofresse o desgaste da viagem, ainda seria a possibilidade de reconhecer o estádio que será palco da semifinal, a principio os jogos serão na Capital, mas os campos estão terríveis.
 
Sobre o jogo, trata-se de um clássico regional, de um lado um time Bi campeão do Estado, que começou o campeonato com grande dificuldade, porém se classificou bem e joga por um placar que agregado resulte em empate, chegaram algumas contratações, e nomes como Kanu, que já atuaram pelo CREC podem fazer muita diferença, a equipe de Chapadão ainda leva outra vantagem, tempo de treinamento, pois esta reunida desde o início do mês.
 
Por sua vez, o CREC começou com pompas de campeão liderou o campeonato, mas viu a equipe sair dos trilhos, teve seu técnico demitido, quando o treinador de goleiros Betinho, assumiu a equipe fazendo 3 jogos, até a parada em virtude da Pandemia, na primeira fase o CREC até amassou a equipe da SERC, mas com seu goleiro expulso no começo do jogo, não conseguiu empurrar a bola para as redes, e saiu derrotado por 2  a 0, revanche amarga.
 
Para sair dessa situação o técnico Marcio Ribeiro, que já jogou no Gianini, e com ótimas passagens do interior de SP, aproveitando da possibilidade de inscrever 7 atletas, se movimentou e trouxe jogadores com passagens por grandes clubes, com destaque a chegada de Frontini, conhecido nacionalmente e que jogou no Santos, fruto de um trabalho que contou com a participação da negociação do Professor Cesar, do técnico Marcio Ribeiro e do jogador Sandrinho, que jogou com Frontini no titulo do Vila Nova na serie C do brasileirão.
 
Ainda o retorno de bons jogadores que serviram o CREC no inicio do ano, capacitam sim para que a equipe da Região do Estado sonhe sim com a primeira classificação a uma semifinal e até mesmo com o título.
 
Formam a equipe:
 
Diretor de futebol: Professor César
Comissão técnica: Ponga
Técnico: Marcio Ribeiro
Preparador Físico: Serginho Brasília
Treinador de goleiros: Betinho
Mordomo: Carrerinha
Massagista: Ferinha
 
Goleiros: Rodolfo (Que já esteve no CREC desde a Copa Verde) e Gustavo (Que era o goleiro do Mirassol no 6 a 0 do Palmeiras)
 
Zagueiros: Dudu (Que já esteve no CREC no começo do ano) Luizão (já jogou pelo Vila Nova e estava no Democrata – MG) e Paulão (Jogou nos grandes de SC e estava no XV de Piracicaba vice campeão paulista da A2) 
 
Laterais: Tom (Canhoto que esteve no CREC no início do ano) e Gugu (que também esteve no CREC e vinha fazendo uma ótima serie D no Águia) e Luan (Ótimo jogador da cidade que também atua como ponta, com passagem pelas bases do interior de SP)
 
Volantes: Ribeiro e Júlio Cesar (Que atuam no CREC desde a Copa Verde)
 
Meias: Sena (Que atua no CREC desde a Copa Verde), Guilherme (Ótimo jogador Costariquense com passagens na base do Goiás) e Juninho (Um dos destaques do CREC na Copa verde e que estava no futebol Árabe)
Pontas: Sandrinho (Jogador Costariquense Campeao Brasileiro da serie C pelo Vila Nova), Mohamed (No CREC desde o início do ano), Tito (atacante de beirada de campo e de área que subiu na A3 com o São Bernardo) e Everton Sena (jogador que esteve no Paulistão seria A pela Inter de Limeira)
 
Centro avantes: Coruja (Com boas passagens no CREC e que estava no ES jogando a serie D pelo Real Noroeste) e Frotini atacante que já jogou pelo Santos e multi campeão)
 
O zagueiro Felipe, o Lateral Nestor e o Volante Pereira são nomes que podem estar no time, aguardando documentação.
 
Jean, lesionado, Marcos Vinicius, Picachu, Eduardo, Gabriel, Joninha e Vandinho, já estão atuando por outras equipes do Brasil e do exterior e por isso não poderão retornar.
 
A qualidade técnica está alta, mas os poucos dias de preparação são um grande obstáculo além do adversário é claro, mas acredito que o CREC vai conseguir a inédita vaga na semifinal se credenciando ao título.
 

 
   
A primeiro de janeiro de 2021 tomam posse prefeitos e vereadores
    
   
Cientistas descobrem caminho para tratar a depress
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS