www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Editorial
Editorial
04/12/2013
Editorial:O massacre ao povo de Paraíso das Águas foi decretado pelos políticos de Costa Rica, os políticos de Paraíso precisam reagir

O prefeito Waldeli e seu vice-prefeito Roberto Rodrigues, (DEM) estão olhando para o próprio umbigo sem se preocuparem com as dificuldades das pessoas que precisam se deslocar cerca de 120 Km para registrarem Boletins de Ocorrência ou atender intimações dos juízes ou do delegado de polícia de Costa Rica/MS.

Os dois políticos insensíveis querem manter o “poder político” à custa da desgraça dos menos favorecidos que nem sempre tem um meio de locomoção a disposição e dependem de favores de políticos que cobram depois na hora do voto. Essas pessoas muitas vezes não têm se quer o dinheiro para pagar ás passagens para atender o chamado da justiça, no mínimo duas, ida e volta.

Que poder político é esse citado pelo prefeito que escraviza e maltrata o ser humano em beneficio de meia dúzia de “políticos caprichosos” que tem como bandeira ampliar a barganha junto ao governo. O prefeito alega que como sofrimento do povo pode forçar o asfaltamento da rodovia que liga Paraíso a Costa Rica, que políticos são esses que ainda está usando a população como massa de manobra, será que perderam o poder que conquistaram na urna.

O prefeito disse existir um movimento para que Costa Rica não perda força política, mas quem faz parte desse movimento, meia dúzia de políticos.

O vice-prefeito Robertinho foi radicalmente contra o povo de Paraíso ganhar dignidade, tempo e um pouquinho mais de conforto ao ser atendidos mais próximo do município. O vice-prefeito parece ter perdido a noção das necessidades da população e passou a seguir uma mente confusa.

Os dois juízes titulares das duas varas na comarca de Costa Rica assim como o Promotor de Justiça e o delegado apóiam a decisão da Polícia Civil de a população passar a ser atendida pela delegacia de Chapadão do Sul por entenderem que diminuirá o trabalho para o único delegado que, é obrigado a atender três municípios ficando sem tempo para a família.

O prefeito e o vice-prefeito desconsideram que o delegado deixando de atender Paraíso irá sobrar mais tempo para se dedicar a comunidade de Costa Rica, dar mais atenção para ás investigações, combater o tráfico que assola a cidade de forma mais efetiva. O que o Waldeli e Robertinho estão maquinando com esse tal “poder político”? O “mais segurança” prometido durante a campanha foi esquecido e virou pó.

O prefeito de Paraíso das Águas, Ivan Ca Cruz Pereira, (PMDB) e o presidente da Câmara Municipal, Anísio Sobrinho de Andrade, (DEM) precisam mostrar a cara e defender o povo, dar indentidade própria ao município e não deixar que as pessoas sejam penalizadas por capricho de dois políticos atrasados de Costa Rica.


Hora da Notícia
Notícias em Destaque
13/12/2018 Polícia cumpre primeiros mandados de prisão contra suspeitos de envolvimento na morte de Marielle
13/12/2018 Atrito com vizinhos, infância alegre e vivência católica: o que se sabe do atirador da Catedral
13/12/2018 No segundo caso do dia, adolescente de 15 anos morre ao ser atingida por raio
12/12/2018 Secretaria de Assistência Social promove reunião intersetorial para lançamento do Projeto Adolescentes em Ação
12/12/2018 Polícia quer traçar percurso feito pelo atirador; Euler tinha diário e se sentia perseguido, diz delegado
 
     COLUNISTAS
  
     GALERIA DE FOTOS
Conferência Municipal sobre Transparência e Controle Social
  
Imagem do dia
Policia civil de Costa Rica queima quase 600 quilo de maconha
 
   
A rebelião dos juízes
    
   
Por Gerson Camarotti
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS