www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Política
18/02/2015 - 11:21
Salário de deputados estaduais tem alta de 22% e será de R$ 25,3 mil
Foto: Giuliano Lopes
CGrandenews
Em ato da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, os deputados a partir do dia 27 de janeiro, irão receber o salário de R$ 25.322, 25, seguindo a Lei n° 4.601 de 11 de dezembro de 2014, que fixou ao parlamentares do legislativo estadual que estes receberiam 75% do valor do subsídio dos deputados federais.
 
Com a alteração do salário dos deputados federais, que passaram a receber R$ 33,8 mil, um reajuste de 22%, o efeito cascata acontece em Mato Grosso do Sul, fixando aos deputados estaduais este novo valor nominal de R$ 25,3 mil.
 
Seguindo esta mesmo cenário, também haverá a adequação em relação a ajuda de custos, cotas e verbas de gabinete, que serão regulados pela Mesa Diretora, de acordo com o que foi previsto em lei.
 
Este ato foi assinado no dia 27 de janeiro pelo então presidente da Assembleia, Jerson Domingos (PMDB), e pelo 1° Secretário, Antônio Carlos Arroyo (PR) e pelo segundo secretário, Pedro Kemp (PT), e foi publicado no Diário Oficial do Legislativo nesta quarta-feira.
 
Neste ato publicado hoje (18), no Diário Oficial da Assembleia Legislativa, também prevê adicional de cota para aqueles deputados que forem em missão oficial, como representantes da Assembleia no Parlamento do Mercosul. Esta cota só será creditada após a entrega da relação dos deputados que participaram do evento.
 
Esta nova lei que foi aprovada no dia 10 de dezembro de 2014 e promulgada dois dias depois em Diário Oficial do Estado, estabeleceu o equivalente a 75% do salário dos deputados federais, teve o apoio de todos os parlamentares e nenhum voto contra durante sua aprovação em plenário.
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 


   
Previdência: reforma corta pensão por morte pela metade e prejudica os cônjuges
    
   
Suzana Garcia, advogada/Notícia ao Minuto
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS