www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Polícia
12/04/2015 - 15:12
Embriagado, jovem é preso após dirigir a 150 km/h para fugir de delegado
Midiamax
Um jovem de 22 anos foi preso na manhã deste domingo (12), por suspeita de embriaguez ao volante. De acordo com o boletim de ocorrência, o rapaz dirigia um veículo, que cruzou com uma viatura da Polícia Civil. Ele ignorou a ordem de parada e fugiu, conduzindo o carro com velocidade de aproximadamente 150 km/h, por ruas de Campo Grande.
 
Consta no registro, que o delegado seguia com um investigador para o local de uma ocorrência. Na Avenida Afonso Pena, próximo ao Shopping Campo Grande, pessoas pediram que a viatura parasse. Foi relatado aos policiais, que um veículo Hyundai I30 estava fazendo zigue-zague, quase atingido os veículos que estavam estacionados.
 
Foi possível visualizar o veículo e o delegado e o investigador seguiram o I30. Ao perceber a viatura, o condutor P H. S. dos Santos, acelerou e não respeitou a ordem de parada. O carro só foi estacionar no Bairro Tiradentes. Segundo delegado, pela velocidade que a viatura teve que ser conduzida, foi possível afirmar que o condutor teria atingido aproximadamente 150 km/h.
 
Ainda conforme o registro, durante a fuga, o rapaz passou por vários cruzamentos em alta velocidade e não respeitando as placas de Pare.
 
No local da abordagem, foi constatado que o condutor apresentava sinais visíveis de embriaguez. Ele mal conseguia ficar andar e quase caiu ao descer do veículo. O jovem se negou a fazer o teste de alcoolemia e a embriaguez foi determinada por um termo de constatação de alteração da capacidade psicomotora.
 
A Polícia Militar foi acionada e o rapaz encaminhado para Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro da Capital.
 
O caso foi registrado como conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influencia de álcool ou de outra substancia psicoativa que determine dependência, desobediência e direção perigosa de veiculo na via publica.
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 
   
Previdência: reforma corta pensão por morte pela metade e prejudica os cônjuges
    
   
Reforma da Previdência:
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS