www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Agronégocio
05/05/2015 - 07:50
Estudo mostra que é possível conciliar recuperação florestal e expansão agrícola
Agência Brasil
O Instituto Internacional para Sustentabilidade sustenta que a restauração florestal pode coexistir sem problemas com a agricultura, embora isso pareça um dos grandes desafios para a sustentabilidade ambiental e social global. Em artigo publicado no último dia 1º, na revista norte-americana Frontiers in Ecology and the Environment, pesquisadores do instituto mostram que para isso existe a conjugação entre um componente dentro da fazenda e outro componente de planejamento de política pública espacial.
 
O diretor executivo da entidade, Bernardo Strassburg, disse nesta segunda-feira (4) à Agência Brasil que já existem iniciativas que identificam áreas dentro da fazenda que são mais aptas para a produção agrícola, com investimentos para o aumento de produtividade, enquanto áreas com menor potencial de produtividade agrícola são destinadas à restauração florestal. “Isso já começa a acontecer em várias regiões do Brasil, até por causa do Código Florestal”, lembrou ele.
 
Strassburg ressaltou que, paralelamente a isso, é essencial que se identifique, com planejamento espacial de política pública, em que áreas há maior potencial para o desenvolvimento e a expansão da produção agrícola e quais as regiões em que, pela sua importância ecológica ou por uma questão relacionada à água ou a outros serviços ecossistêmicos, devem ser priorizadas para restauração florestal.
 
A proposta tem como foco principal as áreas de pastagens. Strassburg lembrou que 75% da área destinada à agropecuária no Brasil são direcionados a pastagens. Ele ressaltou que a maior saída para a conciliação da expansão agrícola com a conservação e restauração do meio ambiente está nas áreas de pastagens, “porque elas dominam territorialmente a área total no país”. Tomando por base que a produtividade é baixa nas áreas de pastagens, em relação ao potencial dessas regiões, os estudos feitos pelo instituto atestaram a capacidade de suporte sustentável dessas pastagens. Uma área que tem hoje uma cabeça de gado por hectare, segundo ele, poderia ter três cabeças, “ainda de forma sustentável”.
 
De acordo com o instituto, há uma identificação sustentável das pastagens, e muitas áreas podem ser liberadas para outros usos. No caso do Espírito Santo, que foi o exemplo citado no artigo, os outros usos consistem na expansão de áreas agrícolas, como destinadas ao café; de áreas de produção florestal e silvicultura, como eucalipto; e de áreas de recuperação florestal nativa.
 
“É através do aumento da produtividade das pastagens que se consegue liberar áreas para o aumento da agricultura e para o aumento de florestas nativas”, destacou o diretor. O instituto analisou dois programas lançados pelo governo do Espírito Santo que visam à restauração planejada da área: o Plano de Desenvolvimento da Agricultura (2008) e o Programa Reflorestar (2011) – ambos com metas ambiciosas nas frentes ambiental e agrícola.
 
Os programas objetivam restaurar 236 mil hectares de floresta em larga escala, até 2025; aumentar em 50% a cobertura florestal nativa no estado; e expandir em 284 mil hectares as áreas dedicadas a culturas agrícolas e em 400 mil hectares as plantações florestais. Strassburg salientou que as duas metas são factíveis, simultaneamente.
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 


   
Previdência: reforma corta pensão por morte pela metade e prejudica os cônjuges
    
   
Reforma da Previdência:
    
   
    
   
José Edson Narciso

Salve, Salve pra você

Neste dia tão especial. O Hora da Notícia deseja&...

    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS