www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Geral
10/05/2005 - 13:45
Poluição do rio sucuriú é responsabilidade do SAAE

A poluição do rio sucuriú em Costa Rica com dejetos (óleo, sabão e gasolina) levados por galeria de Água fluvial está preocupando os moradores da cidade, eles não tinham conhecimento desse problema que está afetando o meio ambiente. Durante a semana o jornal procurou ouvir as autoridades do município sobre o problema, infelizmente alguns detentores do poder se recusaram a falar demonstrando que não tem compromisso com o meio ambiente.

O ex-prefeito e advogado Roberto Rodrigues, foi categórico ao afirmar: falta fiscalização do Serviço Municipal de Água e Esgoto (SAAE), basta que ele exerça o seu poder de polí¬cia de fiscalização das ligações que são feitas clandestinamente na rede de esgoto e multe os maus cidadãos que estão jogando na rede de Água fluvial aquilo que não deve ser jogado. O SAAE que cobra caro a nossa Água também tem que ser competente para fiscalizar aqueles que têm poluindo aquilo não deve ser poluí¬do, a nossa Água.

Você não consegue andar na rua com o mal cheiro que sai das galeria, são esgoto jogado na galeria de água fluvial, quem estão na direção dessa autarquia tem que tomar providencias.

As pessoas vão para o salto banhar nadar nestas Águas, isso prejudica a imagem da cidade, traz prejuí¬zo, principalmente para população, nós não podemos silenciar quando isso está acontecendo.

O advogado elogia a iniciativa do site em levantar esse problema da poluição do rio: "vocês do Hora da Notícia estão contribuindo ao levantar essa polemica", disse Rodrigues.

Nós não podemos falar amém a todas as coisas, precisamos dizer não, dizendo não estamos dizendo sim, sim a preservação a qualidade de vida, a omissão de quem é responsável em fiscalizar não podemos aceitar e temos que dizer sim aquilo que é bom para nossa sobrevivência.

Redação Hora da Notícia

    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 


   
Previdência: reforma corta pensão por morte pela metade e prejudica os cônjuges
    
   
Ramiro Piergentile Neto
Direito de Opinar
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   horadanoticiaredacao@hotmail.com   |   Costa Rica - MS