www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Política
07/04/2018 - 13:00
Fachin nega pedido para evitar prisão e PF pode buscar Lula no sindicato
Foto: Globonews/Veja SP
Central Politico
O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou na manhã deste sábado (7) o novo pedido apresentado pela defesa para evitar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “É regra geral cumprir a pena nessas condições”, alegou ele, em sua decisão.
 
Com isso, fica mantida a ordem de prisão decretada na última quinta (5) pelo juiz Sergio Moro.
 
O ex-presidente deveria ter se apresentado à Polícia Federal em Curitiba às 17h de sexta (6), mas recusou a se entregar. A PF passou o dia tentando negociar a apresentação de Lula, com o objetivo de evitar conflito com militantes que cercavam o prédio. Segundo aliados, Lula deve se entregar neste sábado (7) após a missa em homenagem à ex-primeira dama Marisa Letícia, que começou às 10h45 deste sábado.
 
A expectativa é que a Polícia Federal busque o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na sede do Sindicato do Metalúrgico do ABC Paulista, em São Bernardo do Campo, em viaturas descaracterizadas, de acordo com sindicalistas e nomes próximos ao petista.
 
Como Lula não se entregou ontem (6), prazo dado pelo juiz federal Sergio Moro na ordem de prisão, havia a expectativa que viaturas da PF pudessem chegar à sede do Sindicato logo no amanhecer deste sábado, o que acabou não acontecendo.
 
As informações sobre o possível destino de Lula após deixar o sindicato ainda são desencontradas. Algumas fontes dizem que ele seria levado à sede da PF em São Paulo. Outras que ele iria para o aeroporto de Congonhas e de lá para Curitiba.
 
O ex-presidente amanheceu neste sábado “bem disposto”, abraçou os militantes que foram visitá-lo no segundo andar do prédio do Sindicato e tomou café da manhã com a família, segundo assessores e advogados do petista.
 
O piso térreo da sede do sindicato está tomando de militantes é simpatizantes de Lula. Alguns não escondem o choro. Outro grupo faz um batuque com tambores. Somente poucas pessoas têm acesso aos andares superiores.
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 
   
A irmandade dos falsos cegos
    
   
Lincoln Secco
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS