Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Política
10/04/2018 - 17:31
Tribunal de Justiça anula bloqueio de bens do Prefeito de Figueirão Rogério Rosalin
Foto: Aq/H.N
Nesta terça-feira (10), uma liminar do Tribunal de Justiça anulou o bloqueio de bens do Prefeito de Figueirão, Rogério Rosalin, após acusação de irregularidades administrativas.
 
Em nota divulgada, o Prefeito Rogério disse que quando a acusação saiu, ele foi surpreendido pela informação de que a 1ª Promotoria de Justiça de Camapuã havia aberto uma ação civil pública.
 
Ele alegou que as acusações do Ministério Público tiveram origem por parte dos seus adversários políticos que pretendem abalar a credibilidade da atual gestão.
 
Assim, o Desembargador Relator da 5ª Câmara Cível, Doutor Júlio Roberto Siqueira Cardoso, proferiu a seguinte decisão: 
 
“Assim, em prol da cautela nas decisões, entendo que, num juízo de cognição sumária, faz-se necessária a concessão do efeito suspensivo. Desta feita, a confirmação do ato de improbidade somente poderá ser realizada no decorrer do processo, através de provas que deverão ser produzidas na fase instrutória, à luz de todos os elementos de prova, não no presente momento processual, o qual se funda tão somente em indícios".
 
O Desembargador citou ainda, que rejeitou o bloqueio de bens do Prefeito Rogério por entender que não há elementos concretos que comprovem danos financeiros ao Município. 
 
Na nota, o prefeito Rogério reafirma o seu total comprometimento com a gestão de Figueirão, como também que afastará os atos de injusta perseguição por ele sofridos.
 
Fonte: Assessoria de Imprensa
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 
   
A irmandade dos falsos cegos
    
   
Por Benedicto Ismael Camargo Dutra

    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS