Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Esporte
02/07/2018 - 11:55
Brasil segura o ataque mexicano e vence por 2 a 0
Agência Brasil
A seleção brasileira encontrou um adversário difícil e ousado, mas venceu o México por 2 a 0 e avançou às quartas de final da Copa do Mundo. Neymar abriu o placar e Firmino, já nos minutos finais, garantiu a classificação. O Brasil espera o vencedor de Bélgica e Japão, que se enfrentam ainda hoje, em Rostov.
 
Foi a partida mais dura da seleção brasileira até agora. O México não esperou o Brasil; começou o jogo pressionando, marcando o Brasil na frente e dificultando a saída de bola. O sistema defensivo brasileiro, no entanto, fez uma partida segura e, apesar dos 30 minutos iniciais de pressão, a bola quase não chegou ao goleiro Alisson.
 
A partida marcou ainda o despertar de Willian. O meio campista fazia uma Copa apagada até o final do primeiro tempo de hoje. Na segunda etapa, finalmente fez o que se esperava dele. Com jogadas em velocidade pela direita e cortando para o meio, Willian abriu a defesa mexicana e participou do primeiro gol, dando a assistência para Neymar abrir o placar.
 
O jogo
O começo do jogo mostrou um México mais ofensivo, mais presente na área brasileira. O time mexicano marcava a saída de bola do Brasil na origem, dificultando o trabalho dos armadores das jogadas da seleção brasileira. O time do técnico Juan Carlos Osorio começou a partida mais ofensivo e perigoso; e o Brasil perdia a bola com facilidade. O México cercava a área brasileira mas o goleiro Alisson trabalhou pouco. Os chutes e jogadas próximas ao gol eram neutralizados pela defesa brasileira.
 
Aos 24 minutos, o Brasil finalmente entrou na área com perigo. Neymar entrou na área pelo lado esquerdo e tentou cruzar para o meio, mas Ochoa afastou parcialmente. O Brasil tentou outra finalização em sequência, com Philippe Coutinho, mas a bola subiu demais.
 
Após esse ataque, o Brasil voltou à área mexicana com Coutinho e Gabriel Jesus. Os dois tabelaram, Gabriel Jesus bateu para o gol, mas Ochoa espalmou. A partir dos 30 minutos, a seleção brasileira ficou mais solta no jogo, mas o México estava bem armado na defesa e continuava controlando a partida.
 
Segundo tempo começa com gol
O Brasil começou o segundo tempo mais perigoso. Aos dois minutos, Coutinho tabelou com Neymar e bateu forte para o gol; Ochoa defendeu. Aos cinco, o Brasil chega ao gol, com Neymar. Ele começou a jogada na entrada da área, deu um toque de calcanhar para Willian, que entrou pela esquerda e cruzou rasteiro. Neymar se jogou e empurrou a bola para o fundo do gol.
 
O Brasil quase ampliou aos 13 minutos, com Paulinho. O volante recebeu na entrada da área e bateu para o gol, mas Ochoa espalmou. Depois do gol, o Brasil melhorou no jogo, se soltando mais com Neymar e, principalmente, com Willian. O camisa 19 do Brasil começava a se soltar no jogo.
 
Mesmo melhor do que no primeiro tempo e na frente do placar, o jogo era difícil para o Brasil. Por várias vezes a defesa não conseguia sair jogando e precisava afastar com chutões. O México avançava e o Brasil, recuado, esperava a oportunidade para os contra-ataques. E aos 42 minutos, o Brasil teve a oportunidade que queria. Em contra-ataque rápido, Neymar invadiu a área pela esquerda e cruzou rasteiro para Firmino, que havia acabado de entrar. O atacante só precisou escorar para o fundo das redes e fazer a torcida respirar aliviada.
 
O México volta para casa como sempre: nas oitavas de final. É a sétima vez seguida que o time mexicano é eliminado nesta fase. Em 2018, chocou o mundo ao vencer a Alemanha na partida de estreia.
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 
   
A irmandade dos falsos cegos
    
   
Lincoln Secco
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS