Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Geral
16/08/2018 - 15:27
Peão de rodeio morre após cair com cavalo em fazenda
Correio do Estado
Peão de rodeio, Gabriel José de Queiroz Melhado, 34 anos, morreu depois de sofrer uma rodada com o cavalo que montava em uma fazenda, enquanto trabalhava na lida com o gado na fazenda de sua família, em Camapuã. Vítima, que já representou Camapuã em diversas competições de rodeio, incluindo o tradicional de Barretos, estava afastado das arenas.
 
De acordo com o site Camapuã News, o peão estava montado no cavalo, na fazenda Seriema, quando o animal teria tropeçado e caiu em cima dele. Pessoas que estavam no local encaminharam a vítima para o hospital do município.
 
Por conta da gravidade dos ferimentos, o rapaz foi transferido para Campo Grande , mas não resistiu e morreu na ambulância, durante o transporte, na BR-163, próximo a Jaraguari.
 
O prefeito de Camapuã, Delano Huber, decretou luto oficial de três dias no município por conta do falecimento do peão, pecuarista e tropeiro.
 
RODEIOS
 
Gabriel Melhado, como era conhecido, levou o nome de Camapuã por vários rodeios e cidades do Brasil.
 
Dos muitos eventos que ganhou e participou, o de maior expressão foi o tradicional rodeio de Barretos, o maior rodeio do Brasil. Gabriel foi campeão em várias edições da modalidade, montando em touros.
 
Em sua propriedade ele mantinha uma boiada exclusiva para rodeio, além de uma arena de treinamento para a atividade, onde dezenas de peões e aprendizes faziam treinamento. 
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 
   
A irmandade dos falsos cegos
    
   
Por Benedicto Ismael Camargo Dutra

    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS