www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Política
12/09/2018 - 14:20
AGORA: Reinaldo Azambuja e o filho, Rodrigo Souza, chegam à sede da PF
Foto: Midiamax
Midiamax
governador chega a sede da PF
governador chega a sede da PF
O governador Reinaldo Azambuja e seu filho, Rodrigo Souza, chegaram à sede da Polícia Federal por volta das 14h15 desta quarta-feira (12). Ambos são investigados por suposta participação em um esquema de propinas investigado na Operação Vostok.
 
No local também havia seguranças do governador, que o acompanhavam.
 
A cúpula do governo de Reinaldo é alvo da operação da Polícia Federal que apura suposto esquema de pagamento de propinas em troca de benefícios fiscais em Mato Grosso do Sul. 
 
Ainda nesta manhã, a Polícia Federal realizou buscas no apartamento de Rodrigo Souza Silva e há uma mandado de prisão contra o filho do governador.
 
Segundo o promotor de Justiça Marcos Alex Vera de Oliveira, do MP-MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), há uma investigação em andamento no MPE-MS em relação a Rodrigo.
 
Operação
 
A Polícia Federal divulgou que aproximadamente 220 policiais federais cumprem 41 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de prisão temporária, no âmbito da Operação Vostok, em Campo Grande, Aquidauana, Dourados, Maracaju, Guia Lopes de Laguna, e no município de Trairão, no Estado do Pará.
 
Além destes, também foram cumpridos outros três mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Estadual do Mato Grosso do Sul, pedidos pelo MP-MS (Ministério Público Estadual), de ações, que segundo a PF, têm o mesmo objeto ligado aos fatos investigados em âmbito federal.
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 
   
A irmandade dos falsos cegos
    
   
Lincoln Secco
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS