Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Política
01/10/2018 - 11:11
Faltando 6 dias para a eleição, TRE-MS recebeu 83 denúncias
CGrandenews
Faltando seis dias para a eleição, o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) recebeu 83 denúncias de irregularidades na campanha. Diferente dos outros anos, quem lidera os registros são as queixas sobre propaganda irregular de materiais gráficos, como folhetos e adesivos, que tiveram 28 ocorrências, representando 33,73% do total.
 
O segundo quesito com maior denúncias é a propaganda por mensagem eletrônica ou telemarketing feitas pelos candidatos, com 18 reclamações. Já a famosa “compra de votos”, que em muitos pleitos lideraram este ranking, desta vez aparece em terceiro colocado, com 10 ocorrências, o que representa 12,04%.
 
Depois aparecem as propagandas em cinemas, clubes, lojas, centro comerciais, templos, ginásios e estádios, com oito denúncias, seguida por irregularidades em fachadas, muros, paredes, faixas e placas com seis ocorrências.
 
Irregularidades (propagandas) em vias públicas e bandeiras foram três, mesmo número de reclamações sobre outdoors. Já sobre carreatas e passeatas foram duas (denúncias), reuniões políticas (2) e propaganda antecipada, uso indevido de carros e alto-falantes, assim como irregularidades em debates e entrevistas, uma denúncia para cada quesito.
 
Cidades – Os eleitores de Campo Grande foram o que mais denunciaram, com 53. Depois aparece bem abaixo o município de Três Lagoas, com 5. Já Bonito, Corumbá, Coxim, Dourados, Glória de Dourados, Miranda e Aquidauana tiveram dois (registros) cada. Ao todo pessoas de 20 cidades diferentes do Estado apresentaram denúncias à Justiça Eleitoral.
 
O eleitor pode fazer as denúncias por meio do “Web Denúncia”, que fica no site no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul). Depois de fazer o cadastro, poderá inclusive acompanhar o andamento da investigação sobre o caso, que vai ser avaliado pela Justiça Eleitoral.
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 
   
A irmandade dos falsos cegos
    
   
Por Benedicto Ismael Camargo Dutra

    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS