Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Política
04/10/2018 - 11:56
Nelsinho, Zeca e Moka estão tecnicamente empatados, diz Ibrape
 
A pesquisa do Instituto Ibrape divulgada nesta quinta-feira (04), mostra os candidatos Nelsinho Trad (PTB), Zeca do PT e Waldemir Moka (MDB) tecnicamente empatados na disputa por duas vagas ao Senado. Dos três primeiros colocados, o emedebista é o que possui menor rejeição entre os adversários com 7%, já os outros dois têm 21%.
 
O levantamento coloca Nelsinho Trad (MDB) na frente com 28%, seguido de perto por Zeca do PT que tem 26% das intenções de voto, praticamente empatados com Waldemir Moka (MDB) que registrou 25%. Depois aparece, também tecnicamente empatados, Delcídio do Amaral (PTC) com 18% e o candidato tucano, Marcelo Miglioli (PSDB), com 16%.
 
Já Soraya Thronicke (PSL) teve a preferência de 14% dos entrevistados, seguida por Sérgio Harfouche (PSC) com 10%. Anízio Guató (PSOL), Gilmar da Cruz (PRB) e Beto Figueiró (Pode) estão empatados com 2%, enquanto que Dorival Betini (PMB), Mário Fonseca (PC do B) e Thiago Freitas (PPL), aparecem com 1% das intenções de voto.
 
Brancos, nulos ou nenhuma das opções aparece com 17%, e aqueles entrevistados indecisos ou não souberam responder somam 37%. A pesquisa foi realizada entre os dias 29 e 30 de setembro e 1º de outubro, com 1040 entrevistados, em 37 municípios diferentes, nas oito regiões do Estado. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, tendo um nível de confiança de 95%.
 
Rejeição – Quando a pesquisa se mede a rejeição dos candidatos, ou seja, quais nomes não votariam de jeito nenhum ao Senado, dos três primeiros colocados, Zeca do PT e Nelsinho Trad (PTB) aparecem com 21%, enquanto que Waldemir Moka (MDB) tem apenas 7%.
 
Já o candidato Anízio Guató (PSOL) tem 18%, enquanto que Mário Fonseca (PC do B) aparece com 17%. Gilmar da Cruz (PRB) tem 13%, Delcídio do Amaral (PT) e Sérgio Harfouche (PSC) com 12%. Marcelo Miglioli (PSDB) e Thiago Freitas possuem apenas 7% (rejeição).
 
Os entrevistados que preferiram não dar resposta sobre o tema somam 17%. A pesquisa foi registrada no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), com o número: 07828/MS.
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 
   
A irmandade dos falsos cegos
    
   
Por Benedicto Ismael Camargo Dutra

    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS