www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Política
08/11/2018 - 07:26
Senadores de MS não participaram de votação que aumentou salários no STF
Foto: Divulgação
Redação
O Senado aprovou nesta quarta-feira (7) o reajuste de 16,38% no salários dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e do titular da PGR (Procuradoria-Geral da República). Nenhum dos senadores de Mato Grosso do Sul participaram da votação.
 
A senadora Simone Tebet (MDB) precisou viajar antes do início da sessão que pnão estava prevista para ocorrer. A reportagem não obteve retorno dos senadores Pedro Chaves e Waldemir Moka (MDB) que ambos comprem o final de seus mandatos no cargo.
O pleito terminou com 41 votos favoráveis ao projeto de lei, 16 contrários e uma abstenção. Com a aprovação do reajuste, a remuneração dos magistrados da Corte passará de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil, adiantou o UOL.
 
A proposta havia passado pela Câmara dos Deputados e estava parada na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado havia dois anos. Agora, irá para aprovação ou rejeição do presidente Michel Temer. Confira como cada senador votou.
 
A favor do aumento - Acir Gurgacz (PDT-RO) Aécio Neves (PSDB-MG) Ângela Portela (PDT-RR) Antonio Anastasia (PSDB-MG) Antônio Valadares (PSB-SE) Armando Monteiro (PTB-PE) Ataídes Oliveira (PSDB-TO) Cássio Cunha Lima (PSDB-PB). 
 
Cidinho Santos (PR-MT) Ciro Nogueira (PP-PI) Dalirio Beber (PSDB-SC) Davi Alcolumbre (DEM-AP) Edison Lobão (MDB-MA) Eduardo Amorim (PSDB-SE) Eduardo Braga (MDB-AM) Eduardo Lopes (PRB-RJ) Fernando Coelho (MDB-PE) Garibaldi Alves Filho (MDB-RN) Hélio José (PROS-DF) Ivo Cassol (PP-RO) Jorge Viana (PT-AC) José Agripino (DEM-RN) José Amauri (PODE-PI) José Medeiros (PODE-MT) José Serra (PSDB-SP) Otto Alencar (PSD-BA).
 
Paulo Bauer (PSDB-SC) Paulo Rocha (PT-PA) Raimundo Lira (PSD-PB) Renan Calheiros (MDB-AL) Roberto Rocha (PSDB-MA) Romero Jucá (MDB-RR) Rose de Freitas (PODE-ES) Sérgio Petecão (PSD-AC) Tasso Jereissati (PSDB-CE) Telmário Mota (PTB-RR) Valdir Raupp (MDB-RO) Vicentinho Alves (PR-TO) Walter Pinheiro (Sem partido-BA) Wellington Fagundes (PR-MT) Zezé Perrella (MDB-MG)
 
Contra o aumento - Aírton Sandoval (MDB-SP) Cristóvam Buarque (PPS-DF) Fátima Bezerra (PT-RN) Givago Tenório (PP-AL) José Pimentel (PT-CE) Lídice da Mata (PSB-BA) Lúcia Vânia (PSB-GO) Maria do Carmo Alves (DEM-SE) Randolfe Rodrigues (Rede-AP) Regina Sousa (PT-PI) Reguffe (Sem partido-DF) Ricardo Ferraço (PSDB-ES) Roberto Requião (MDB-PR) Ronaldo Caiado (DEM-GO) Vanessa Graziottin (PCdoB-AM) Wilder Morais (DEM-GO)
 
Abstenção - José Maranhão (MDB-PB)
 
Fonte: campograndenews
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 
   
A rebelião dos juízes
    
   
Opera Mundi Uol

    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS