www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Geral
11/01/2019 - 10:04
Três escolas de MS adotam modalidade "a distância" para alunos do Ensino Médio
Foto: Reprodução
CGrandenews
Pela primeira no Estado, três escolas estaduais do Ensino Médio Regular vão adotar modalidade de aulas não presenciais, como complemento da carga horária ampliada de 30 horas semanais. A matriz curricular “a distância” foi aprovada para instituições em Campo Grande, Dourados e Deodápolis.
 
A resolução da SED (Secretaria Estadual de Educação) foi aprovada para a escola estadual 26 de Agosto, em Campo Grande; Celso Muller do Amaral, em Dourados e Scila Médici, em Dourados.
 
A flexibilização já era adotada na rede estadual de desde 2008, como no EJA (Escola para Jovens Adultos) ou AJA (Avanço do Jovem na Aprendizagem), mas será a primeira vez no Ensino Médio Regular.
 
Segundo informações da SED, nessa adequação, o aluno poderá complementar o estudo com aulas on line em casa ou na própria instituição de ensino. O sistema facilitaria o ensino para pessoas que estão na escola à noite, por exemplo, e poderiam ter dificuldade de continuar os estudos por conta do horário estendido.
 
Apesar de já previsto em legislação, a implantação se adequa a uma das propostas do presidente da República, Jair Bolsonaro, que defende o ensino a distância até mesmo no ensino fundamental, com alunos de 6 a 14 anos.
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
   
Previdência: reforma corta pensão por morte pela metade e prejudica os cônjuges
    
   
Reforma da Previdência:
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS