www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Geral
11/03/2019 - 08:02
Forte chuva isola cidades, mata 7 e deixa desaparecidos na Grande São Paulo
Foto: Reprodução
G1
A forte chuva que começou na noite de domingo (10) e se estende pela segunda (11) provocou alagamentos em diversas regiões da Grande São Paulo e bloqueou vias de acesso para a capital paulista. A previsão é de mais chuva durante o dia. Sete pessoas morreram.
 
Os lugares mais afetados são os bairros de Vila Prudente e Ipiranga, e as cidades do ABC. Os bombeiros contabilizam, entre 0h e 6h, 601 ocorrências de enchentes, 34 quedas de árvore, 54 ocorrências de desabamento e 3 deslizamentos graves.
 
Sete pessoas morreram. Em Ribeirão Pires, no ABC Paulista, o desabamento de uma casa deixou quatro mortos e dois feridos, segundo a Prefeitura da cidade.
 
Outras duas pessoas morreram na Avenida dos Estados. Outra pessoa morreu no bairro Taboão, em São Bernardo do Campo, no ABC, segundo o porta-voz dos bombeiros, capitão Marcos Palumbo.
 
No Jardim Zaíra, em Mauá, três casas desabaram após um deslizamento de terra. Ninguém se feriu. O mesmo bairro registrou a morte de 4 crianças em fevereiro após outro deslizamento.
 
Em São Rafael, Zona Leste da capital, um deslizamento de terra atingiu uma casa. A mãe e duas crianças ficaram feridas – uma delas em estado grave. Em Embu, na Grande São Paulo, o desabamento de uma casa deixou 3 feridos graves.
 
No bairro do Sacomã, no sudeste da capital, carros foram levados pela força da água e outros veículos ficaram ilhados pela enchente forçando seus ocupantes a ficarem no teto dos veículos.
 
O Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura de São Paulo (CGE) informou que há diversos pontos intransitáveis na cidade (veja a lista dos pontos ao final desta reportagem). A circulação de trens na Linha 10-Turquesa da CPTM está interrompida, sem previsão de normalização.
 
A região do Ipiranga também seguia em estado de alerta às 8h por conta do transbordamento do Rio Tamanduateí, na região do piscinão Guamiranga. O piscinão foi inaugurado em fevereiro de 2017.
 
A Prefeitura de São Paulo anunciou a suspensão do rodízio e da Zona Máxima de Restrição de Circulação, e liberação da circulação de fretados e da Zona Azul.
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player



   
O mundo está para entrar em uma nova recessão?
    
   
Daud
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS