Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Política
11/04/2019 - 08:14
Em agenda intensa com banqueiros nos EUA, Guedes diz que “sem barulho, já vendemos US$ 12 bi”
Foto: Reprodução
Revista/Forum
Cumprindo agenda intensa nos Estados Unidos com banqueiros e agentes do sistema financeiro internacional nos Estados Unidos, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse na noite desta quarta-feira (10) que a meta de privatização em 30% a 40% será “facilmente” cumprida e ressaltou que “discretamente, sem fazer barulho, já vendemos US$ 12 bilhões”.
Ao estilo Jair Bolsonaro (PSL), Guedes usou a palavra “merda” em inglês (shit) para definir impostos brasileiros, como PIS/Cofins, prometendo baixá-los. “PIS, Cofins, CSLL: nomes malucos para a mesma merda”, disse durante evento para agentes do sistema financeiro promovido pela XP Investimentos em Nova York para comemorar os primeiros 100 dias do governo Bolsonaro.
 
Guedes classificou como “ignorância” e “egoísmo” a resistência à sua proposta de reforma da Previdência e ressaltou, mais uma vez, que precisa de R$ 1 trilhão para fazer a transição para um sistema privado, aos moldes do que foi feito no Chile, que hoje paga menos de um salário mínimo para 80% dos aposentados.
 
“É claro que existe um custo para fazer a transição para esse sistema. Mas, se firzermos uma reforma da Previdência poderosa fiscalmente, (teremos recurso) para fazer a transição. Caso contrário, não faremos”, disse.
 
Agenda com banqueiros
 
Nesta quinta-feira (11), Guedes terá reunião com o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steve Mnuchin, com o ministro de finanças da China, Liu Kin, além de encontrar representantes do setor de investimentos do banco JP Morgan. O ministro ainda cumpre agenda com presidentes dos Bancos Centrais dos BRICs e do G20, além de uma reunião privada com ministros de finanças sobre a Venezuela.
 
Com informações do Valor Econômico e Infomoney
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 
   
O regime de capitalização
    
   
Daud
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS