www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Educação
10/06/2019 - 08:24
Em MS, Mais Médicos amplia número de vagas e cidades em nova etapa
Foto: Reprodução
Campo Grande News
Os médicos aptos a participar do 18º ciclo do Programa Mais Médicos terão até o dia 10 de junho para indicar até quatro municípios onde têm interesse em trabalhar. Em Mato Grosso do Sul, as vagas foram ampliados e três localidades foram incluídas, totalizando 37 vagas em 24 cidades.
 
Os profissionais interessados em participar do Programa Mais Médicos tiveram entre os dias 27 e 29 de maio para se inscrever.
 
Para atuarem nas cidades com os maiores índices de vulnerabilidade social do país, além dos Distritos Sanitários Indígenas, estão sendo oferecidas aos médicos 2.149 vagas em 1.130 municípios nos 26 estados do país, exceto o Distrito Federal, além de 13 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIS).
 
Em Mato Grosso do Sul, o número de vagas e cidades foi ampliado. Agora, são 37 distribuídas em 24 cidades. Pelo edital publicado na sexta-feira (7), a vaga existente em Paraíso das Águas foi suprimida, e entraram outros três municípios: Bonito, Corguinho e Ladário.
 
No Estado, constam as seguintes vagas: Aparecida do Taboado (1), Aquidauana (3), Bela Vista (1), Bonito (1), Brasilândia (1), Caarapó (2), Chapadão do Sul (1), Corguinho (1), Corumbá (3), Costa Rica (1), Coxim (2), Jardim (1), Ladário (1), Laguna Carapã (1), Miranda (1), Naviraí (5), Nova Alvorada do Sul (1), Ponta Porã (2), Porto Murtinho (1), Rio Brilhante (2), Rio Negro (1), Rio Verde (1), Selvíria (2) e Sidrolândia (1).
 
Destes municípios, três foram listados para vagas em áreas de extrema pobreza: Bela Vista, Ponta Porã, Porto Murtinho e Corumbá.
 
Conforme consta no edital nº11/2019, esta primeira fase do 18º ciclo do programa priorizou a participação de profissionais formados e habilitados com registro do Conselho Regional de Medicina (CRM) do Brasil.
 
Caso haja vagas remanescentes da primeira etapa, as oportunidades serão estendidas, em uma segunda fase, aos profissionais brasileiros formados em outros países e que já tenham habilitação para o exercício da Medicina no exterior. 
 
A previsão para que os médicos comecem a atuar nas unidades de saúde é junho deste ano.
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
   
Previdência: reforma corta pensão por morte pela metade e prejudica os cônjuges
    
   
Reforma da Previdência:
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS