www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Polícia
10/09/2019 - 09:10
Coronel flagrado com 53 quilos de cocaína é expulso da PM em MS
Foto: Jornal da Nova
Campo Grande News
O coronel reformado da PM (Polícia Militar) Amaury Catelli de Alcântara foi expulso da corporação, com perda de posto e patente. A medida atende decisão judicial, após condenação a 13 anos e quatro meses de prisão, em regime fechado, pelo tráfico de 53,8 quilos de cocaína.
O decreto publicado hoje no Diário Oficial do Estado atende decisão deferida pelo TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) no dia 20 de março deste ano, em resposta à ação do MPE (Ministério Público Estadual).
 
Amaury Catelli foi preso no dia 5 de dezembro de 2012, flagrado durante fiscalização da PRF (Polícia Rodoviária Federal) na BR-153, em José Bonifácio (SP), quanto transportava 53 tabletes de cocaína. Os pacotes estavam dentro do tanque de combustível e no encosto do banco traseiro. Conforme a denúncia, o coronel confessou o crime e disse que receberia R$ 10 mil pelo transporte até a cidade mineira de Divinópolis.
 
O pedido de expulsão e perda de patente foi feito pelo MPE em Mato Grosso do Sul em agosto de 2016, mas somente foi julgado este ano após recursos da defesa, que tentavam impedir a medida.
 
No Diário Oficial de hoje, também consta decreto com a demissão do agente penitenciário Tomás Medina Dias, do quadro da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário de MS).
 
Em consulta ao sistema judiciário, consta que a demissão é decorrente de processo penal que tramitou na 4ª Vara da Justiça Federal em Campo Grande, em denúncia de 2002, referente ao artigo 351 dos Crimes contra a Administração da Justiça (fuga de pessoa presa ou submetida a medida de segurança).
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 
   
Previdência: reforma corta pensão por morte pela metade e prejudica os cônjuges
    
   
Reforma da Previdência:
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS