www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Esporte
15/10/2019 - 07:14
Seleção brasileira encerra o ano enfrentando Argentina e Coreia do Sul
Agência Brasil
Os dois últimos compromissos da seleção brasileira de futebol em 2019 estão definidos. Os dois amistosos serão em novembro. No dia 15, o Brasil enfrentará a Argentina e no dia 19, a Coreia do Sul. Desde a final da Copa América, quando foi campeã, a seleção brasileira não consegue uma vitória.
 
O clássico contra a Argentina será disputado em Riade, na Arábia Saudita. O palco do confronto será o King Saud University Stadium, mesmo local onde o Brasil derrotou a seleção saudita em 2018, quando Gabriel Jesus e Alex Sandro marcaram os gols na vitória do Brasil por 2 a 0.
 
Contra a Coreia do Sul, o jogo será em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, no Mohammed bin Zayed Stadium.
 
Com estas duas partidas, a seleção brasileira completará seis jogos consecutivos após a Copa América contra adversários que estiveram na Copa do Mundo de 2018 na Rússia. 
 
Empates
Na quinta-feira (10), a seleção do Brasil empatou com o Senegal em 1 a 1. Ontem (13), contra a Nigéria, a seleção empatou mais uma vez em 1 a 1. O amistoso ocorreu em Singapura, no sudoeste asiático, e foi a quarta partida seguida do Brasil sem vencer. A Nigéria abriu o placar, com o gol de Aribo, no primeiro tempo.
 
No segundo tempo, a seleção brasileira voltou bem mais agressiva e, aos 2 minutos, o Brasil empatou com um gol de Casemiro. Apesar de ter criado várias jogadas de ataque, a seleção não conseguiu ampliar o placar contra a Nigéria.
 
Neymar se machucou aos 10 minutos do primeiro tempo e teve de ser substituído por Philippe  Coutinho.
 
*Com informações da CBF.
 
Edição: Fábio Massalli
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 


   
Previdência: reforma corta pensão por morte pela metade e prejudica os cônjuges
    
   
Reforma da Previdência:
    
   
    
   
José Edson Narciso

Salve, Salve pra você

Neste dia tão especial. O Hora da Notícia deseja&...

    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS