www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Política
18/10/2019 - 08:19
Câmara de Vereadores apoia Outubro Rosa e Novembro Azul em Costa Rica
Foto: Reprodução
Durante os meses de outubro e novembro a Câmara de Vereadores de Costa Rica-MS reforça a importância da prevenção à saúde da mulher e do homem durante às campanhas Outubro Rosa e Novembro Azul.
 
Para este mês das mulheres, Outubro Rosa, a Secretaria de Saúde do município definiu um calendário com atividades confirmadas durante todos os dias, e no próximo dia 23 de outubro todos as Unidades de Saúde estarão abertas no horário especial, das 18h30 às 21h30, especialmente para receber as mulheres que trabalham durante o dia.  Uma programação especial para atender os homens, ainda será definida no mês de novembro.
 
A vereadora Rosângela Marçal Paes (PSB) destaca que é de suma importância a conscientização e mobilização do Outubro Rosa. “Quero deixar o convite a todas às mulheres de Costa Rica para que durante este mês procure a sua Unidade de Saúde, que pensem mais no seu corpo e na saúde dele, quanto antes o diagnóstico, maiores as chances do tratamento e da cura”.
 
A secretária de Saúde de Costa Rica, Adriana Tobal enfatizou também que “Prevenção e diagnóstico precoce são fundamentais, e é dever do poder público garantir o acesso aos serviços referenciados desde a primeira consulta até o tratamento adequado e eficaz no controle do câncer, seja de mama, seja de próstata".
 
A coordenadora da Atenção Básica, Daiane Pupin, reforça que “é muito importante a participação das mulheres na campanha, inclusive, aquelas que ainda neste ano não realizaram a coleta do preventivo. Todas as mulheres que fizerem os exames ganham um copo personalizado da Campanha Outubro Rosa”.
 
Em alusão a campanha os vereadores, a vereadora e servidores da Câmara, na primeira semana do mês, usaram assessórios e roupas das cores simbolizando o Outubro Rosa e Novembro Azul.
 
Outubro Rosa
 
Conforme o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o Movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama, o Outubro Rosa, foi criado com o objetivo de promover a participação das mulheres nas ações de promoção, prevenção e detecção precoce para o controle do câncer de mama, aumentando as chances de cura e reduzindo a mortalidade, o movimento internacional de conscientização para o controle da doença, o Outubro Rosa foi criado no início da década de 90 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. A data é celebrada anualmente e busca compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença; proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico, de tratamento e para contribuir para a redução da mortalidade. A campanha é simbolizada pelo laço cor de rosa, que representa a luta contra a doença.
 
O câncer de mama é segundo tipo que mais acomete brasileiras, representando em torno de 25% de todos os cânceres que afetam o sexo feminino. Para o Brasil, foram estimados 59.700 casos novos de câncer de mama em 2019, com risco estimado de 56 casos a cada 100 mil mulheres.
 
Os principais sinais e sintomas da doença são: caroço (nódulo), geralmente endurecido, fixo e indolor; pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja, alterações no bico do peito (mamilo) e saída espontânea de líquido de um dos mamilos. Também podem aparecer pequenos nódulos no pescoço ou na região embaixo dos braços (axilas).
 
Não há uma causa única para o câncer de mama. Diversos agentes estão relacionados ao desenvolvimento da doença entre as mulheres, como: envelhecimento (quanto mais idade, maior o risco de ter a doença), fatores relacionados à vida reprodutiva da mulher (idade da primeira menstruação, ter tido ou não filhos, ter ou não amamentado, idade em que entrou na menopausa), histórico familiar de câncer de mama, consumo de álcool, excesso de peso, atividade física insuficiente e exposição à radiação ionizante.
 
A prática de atividade física e de alimentação saudável, com manutenção do peso corporal adequado, estão associadas a menor risco de desenvolver câncer de mama: cerca de 30% dos casos podem ser evitados quando são adotados esses hábitos. A amamentação também é considerada um fator protetor.
 
Novembro Azul
 
O movimento Novembro Azul teve origem em 2003, na Austrália, com o objetivo de chamar a atenção para a prevenção e o diagnóstico precoce de doenças que atingem a população masculina.
 
Câncer de próstata é o tumor que afeta a próstata, glândula localizada abaixo da bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis. O câncer de próstata é o mais frequente entre os homens, depois do câncer de pele. Embora seja uma doença comum, por medo ou por desconhecimento muitos homens preferem não conversar sobre esse assunto.
 
A doença é confirmada após fazer a biópsia, que é indicada ao encontrar alguma alteração no exame de sangue (PSA) ou no toque retal, que somente são prescritos a partir da suspeita de um caso por um médico especialista.
 
As células são as menores partes do corpo humano. Durante toda a vida, as células se multiplicam, substituindo as mais antigas por novas. Mas, em alguns casos, pode acontecer um crescimento descontrolado de células, formando tumores que podem ser benignos ou malignos (câncer). 
 
O câncer de próstata, na maioria dos casos, cresce de forma lenta e não chega a dar sinais durante a vida e nem a ameaçar a saúde do homem. Em outros casos, pode crescer rapidamente, se espalhar para outros órgãos e causar a morte. 
Cassiane Mews
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 


   
Previdência: reforma corta pensão por morte pela metade e prejudica os cônjuges
    
   
Reforma da Previdência:
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS