www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Geral
02/03/2020 - 07:43
Enquanto aguarda consórcio, MS-306 continua recebendo serviços de tapa-buraco
Foto: Reprodução
Considerada um dos principais corredores do agronegócio, a rodovia MS-306 foi concedida em dezembro de 2019 à iniciativa privada, o que irá garantir melhores condições de trafegabilidade à via. Com trânsito pesado de caminhões, ela recebe rotineiramente os serviços de tapa-buraco e roçada; manutenção realizada pela Agência de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul (Agesul). Até que o consórcio Way-306, vencedor da concessão, inicie de fato a administração da rodovia [o que está previsto para março], a Agesul continuará realizando a manutenção do trecho.
 
Na divisa de Mato Grosso e Goiás, a MS-306 liga os municípios de Costa Rica, Chapadão do Sul e Cassilândia. A rodovia, primeira concessão rodoviária estadual, tem 219,5 quilômetros e será administrada pelo grupo Way-306 por um período de 30 anos.  A empresa vencedora terá que restaurar, fazer a terceira pista e o recapeamento garantindo mais tranquilidade para tráfego.
 
A conservação das estradas é feita rotineiramente em todas as rodovias do Estado, de acordo com a equipe técnica da Agesul. “O trabalho de manutenção é realizado constantemente em todas as vias que recebem esse serviço da Agesul. As equipes monitoram constantemente as estradas para garantir a trafegabilidade e a segurança dos motoristas”, afirmou o diretor-presidente da Agência de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul (Agesul), Luis Roberto Martins de Araújo.
 
O contrato de concessão da MS-306 estima investimento de R$ 1,7 bilhão. Segundo estudos, com a mudança da gestão devem ocorrer redução do número de acidentes; geração de mais de dois mil empregos diretos e indiretos; diminuição do tempo de deslocamento; e economia de R$ 4 milhões/ano em manutenção da rodovia.
 
Portal/MS
 
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 


   
Previdência: reforma corta pensão por morte pela metade e prejudica os cônjuges
    
   
Ramiro Piergentile Neto
Direito de Opinar
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS