www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Economia
18/06/2020 - 16:45
Prazo para pagamento à vista do IPTU/2020 com 15% de desconto é prorrogado até 13 de julho
Foto: Fabrizzio Carrijo
Os contribuintes que quiserem quitar o IPTU/2020 - Imposto Predial Territorial Urbano – à vista com 15% de desconto têm até o dia 13 de julho de 2020. O Decreto Nº 4.664 que dispões sobre a prorrogação dos prazos para pagamento do imposto, relativo ao exercício 2020, foi publicado na Edição Nº 2.646/Ano XV, do DIOCRI – Diário Oficial do Município de Costa Rica/MS – do dia 14 de maio, na Página 01. Clique Aqui e confira a publicação na íntegra.
 
“Devido ao período de pandemia que estamos passando decidimos prorrogar até o dia 13 de julho o prazo para pagamento à vista e ainda garantindo o desconto de 15%. O contribuinte que fez o pagamento à vista no último dia 13 junho não foi prejudicado, pois teve um desconto maior na quitação do imposto”, explica o prefeito Waldeli dos Santos Rosa.
 
No caso de pagamento parcelado e sem descontos, a data do vencimento da segunda parcela poderá ser paga até o dia 13 de julho de 2020. Já as parcelas subsequentes terão vencimento 30 dias após a anterior, obedecido o limite de até cinco parcelas. 
 
“A opção pelo pagamento durante o prazo de prorrogação não altera o imposto que já tenha sido pago até 13 de maio de 2020”, esclarece o secretário Municipal de Administração, Finanças, Planejamento, Receita e Controle, Paulo Renato Andriani.
 
Conforme o subsecretário de Receita e Controle Averaldo Amorim, em casos em que o contribuinte tenha optado pelo parcelamento do imposto e já tenha feito o pagamento da primeira parcela, não será possível alterar a forma de pagamento, ou seja, será permitido apenas a prorrogação das parcelas subsequentes na forma prevista. 
 
“A prorrogação prevista não ensejará a incidência de juros, multa ou correção monetária sobre o valor do imposto lançado”, esclarece Averaldo Amorim que complementa “o contribuinte deverá retirar na Subsecretaria de Receita e Controle uma nova guia para pagamento com a data de vencimento atualizada, conforme a opção escolhida”.
 
ASSECOM/PMCR 
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 


   
IBGE dá início à pesquisa sobre a Covid-19 com entrevistas por telefone
    
   
Ramiro Piergentile Neto
Direito de Opinar
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   horadanoticiaredacao@hotmail.com   |   Costa Rica - MS