www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Geral
30/07/2020 - 17:35
Costa Rica está entre os três primeiros municípios do Brasil a implantar o Programa Lixo Zero
Foto: Reprodução
Costa Rica é uma das três cidades do Brasil a implantar o Programa Lixo Zero. E ainda, está entre os primeiros municípios de Mato Grosso do Sul com melhor desempenho na recuperação de resíduos em Mato Grosso do Sul, tanto que há sete foi implantado na cidade a coleta seletiva por meio do programa Cidade Limpa: um sonho de todos. Mas, agora, a atual gestão por meio da SEMTMA - Secretaria Municipal de Turismo, Meio Ambiente, Esporte e Cultura – está colocando a cidade em um patamar mais elevado.
 
Com objetivo de melhorar a gestão de resíduos sólidos no município e a fim de incentivar a sociedade civil, a iniciativa privada e o Poder Público a reduzirem a produção de lixo e a valorizem os resíduos sólidos urbanos reintroduzindo-os na cadeia produtiva, o prefeito Waldeli dos Santos Rosa assinou convênio com o Ministério do Meio Ambiente no valor de R$ 3.911.895,88, sendo R$ 54.035,60 de Contrapartida Financeira do Município para implantar em Costa Rica o Programa Lixo Zero. 
 
“Com esse recurso vamos implantar em Costa Rica um projeto-piloto que deve aumentar a coleta seletiva em nossa cidade, vai diminuir quantidade de resíduos que vão para a vala do Aterro Sanitário, o que irá contribuir diretamente para a vida útil do local”, enfatizou o prefeito Waldeli que agradece o presidente Jair Bolsonaro e a equipe do Ministério do Meio Ambiente, em nome do ministro Ricardo Salles.
 
Com a ajuda dos moradores dos 78 bairros da cidade e dos alunos das setes Escolas Municipais, a Capital Estadual do Algodão e dos Esportes de Aventura também pretende ser Costa Rica Lixo Zero até o final de 2020. Isso significa que toneladas de lixo deixarão de ir para o aterro sanitário anualmente, com a ajuda de cada cidadão. “Aceitamos mais esse desafio e com a implantação do Lixo Zero vamos melhorar a Gestão de Resíduos Sólidos do Município de Costa Rica”, avalia o prefeito.
 
Com o valor do convênio na conta, o Governo de Costa Rica já adquirir sete novos Conjuntos de Lixeiras para Coleta Seletiva; vai comprar picolés para incentivar as crianças na conscientização em relação à separação dos resíduos recicláveis; comprou maquinários para operação do Aterro Sanitário dos quais já estão no pátio da Secretaria Municipal de Obras Públicas uma pá carregadeira, um trator de esteiras e um rolo compacto, e ainda, quatro caminhões ainda faltam chegar. Parte dos recursos recebidos também serão utilizados para aquisição de combustível que serão utilizados nos caminhões de coleta seletiva e de rejeitos.
 
A UTR - Usina de Triagem de Resíduos Sólidos e Recicláveis – também vai receber novos equipamentos para a sua operacionalização, entre eles uma máquina que tritura vidro que já está na cidade. Para utilização dos novos maquinários, o Governo Municipal estará fazendo a capacitação dos Agentes de Saúde e dos servidores da Cooperativa em Gestão de Resíduos Sólidos para que estes sejam multiplicadores de informação para toda população. 
 
“O destino do resíduo é estabelecido dentro da casa de cada habitante, quando o separa em orgânico (restos de alimentos e de podas), reciclável seco (papel, plástico, metal e vidro) e rejeito (lixo sanitários e outros materiais para os quais não há ainda mercado de reciclagem)”, explica o secretário Municipal de Turismo, Meio Ambiente, Esporte e Cultura, Keyler Simey Garcia Barbosa.
 
Lixo Zero
O Programa Lixo Zero tem metas específicas para a administração pública e metas que envolvem outras esferas da sociedade. Para alcançar os objetivos propostos no projeto, a Administração Municipal irá se colocar como exemplo, conscientizando os 48 agentes de saúde, posteriormente os alunos e os prestadores de serviços da empresa terceirizada e da cooperativa quanto ao consumo consciente e o descarte de resíduos nos prédios públicos e residências. 
 
“É necessário que cada cidadão entenda a importância de destinar corretamente o lixo produzido em sua casa, separando-o. E, ainda mais importante, é preciso criar hábitos de consumo que resultem em menor produção de lixo”, finalizou o prefeito de Costa Rica.
 
Cidade Limpa: um sonho de todos
Em março de 2013, o Governo de Costa Rica por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento implantou o programa Cidade Limpa: um sonho de todos. O projeto piloto teve como objetivo incrementar a coleta seletiva nos bairros da cidade e na da área central. 
 
“Assim que assumimos a nova gestão buscamos estimular a compreensão sobre cidadania, incentivar novos hábitos e estimular a coleta seletiva dos resíduos sólidos, reciclagem, manutenção de terrenos, calçadas/passeios públicos, e outros. Fizemos campanhas de orientação para que a população mudasse seus hábitos e não jogassem entulhos ou podas de árvores em locais impróprios e que os mesmos fossem armazenados em sacos plásticos para coleta ou em caçambas”, explicou Keyler Barbosa. 
 
O programa Cidade Limpa que também tem como objetivo oferecer aos moradores, qualidade de vida e, ao mesmo tempo, promover a proteção ao meio ambiente e conscientizar à população, incentivando a sustentabilidade e combatendo a proliferação de animais e insetos que possam oferecer risco à saúde pública como a Dengue.
 
Por meio do Cidade Limpa o Governo Municipal também criou o Ecoponto que tem como o objetivo dar a destinação correta aos resíduos que geram impacto direto ao meio ambiente, como pneus e óleo vegetal de cozinha usado que é armazenado no Eco óleo. 
 
E ainda, a SEMTMA recolhe na sua sede, pilhas e baterias. A secretaria está localizada na Avenida João de Barro, Nº 209, no Bairro Bela Vista, em Costa Rica (próximo a nova ponte). Mais informações 3247 7000.
 
ASSECOM/PMCR
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 


   
IBGE dá início à pesquisa sobre a Covid-19 com entrevistas por telefone
    
   
Ramiro Piergentile Neto
Direito de Opinar
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   horadanoticiaredacao@hotmail.com   |   Costa Rica - MS