www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Geral
06/10/2020 - 06:57
Investimentos em Figueirão vão da pavimentação da MS-223 à saneamento e habitação
Foto: Saul Schramm
Prestes a ser concluída, a pavimentação da rodovia MS-223, ligando a Costa Rica, é uma das muitas obras entregues e em execução em Figueirão. A MS-223 corta os dois municípios (Figueirão e Costa Rica), interligando-se à MS-306, na divisa do Estado com Goiás, e com as BR-359 e MS-217, em Coxim. 
 
Com a chegada da infraestrutura viária nos 61 quilômetros em obras, o acesso à Costa Rica, partindo de Campo Grande, encurta caminho trafegando pela MS-436, passando por Camapuã. Até então, a rota usada era o contorno pelas rodovias BR-060 e MS-306.
 
Os recursos são do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário). O investimento garantido pelo governador Reinaldo Azambuja amplia a malha viária estadual pavimentada e abre uma nova opção de escoamento da produção local: grãos, milho, cana-de-açúcar e algodão.
Comunidade da quilombola Santa Tereza foi atendida com a pavimentação da via
 
Outra obra importante do Governo de Mato Grosso do Sul, que está sendo feita por meio de convênio com a prefeitura, é a pavimentação de bairros e do centro. A execução está em 74%. Estão recebendo asfalto o bairro Pequi, Residencial Figueira, Nova Conquista e a Comunidade Quilombola. 
 
Também já foram pavimentadas as avenidas Moisés Araujo Galvão, Juscelino Kubitchek, Camapuã, V. GIlson P. de Farias e ruas como Assis, Furtado, Amorim, Santos Dumont, Cláudio José de LIma, Custódio, Independência, Castro Alves, Quinze de Agosto, Camapuã, Pedra Bonita, 30 de Setembro, Ceará, Sucuri e Presidente Gaspar Dutra.
 
São mais de R$ 67 milhões investidos nas mais diversas áreas no município. E a administração estadual autorizou a licitação para execução, pela Sanesul, de 2,7 km de rede coletora de esgoto beneficiando mais de 168 famílias do bairro Pequi, além do Hospital Municipal Mariana Silveira. 
 
Em Figueirão, o investimento da empresa de saneamento é de R$ 5,723 milhões em obras concluídas, em execução e a executar nos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário.
 
Os investimentos não param por aí. A escola Dr. Arnaldo Estevão de Figueiredo, com 262 estudantes matriculados, recebeu R$ 352 mil em reformas e melhorias e duas motos foram entregues à Polícia Militar. 
Na área de habitação, são 81 moradias entregues e os 15 lotes urbanizados beneficiando famílias como a de Adriana dos Anjos Oliveira e Danilyon Souza. “Já moramos de aluguel e hoje moramos em uma casa cedida, mas agora vamos ter a nossa. É meu sonho que está se realizando”, contou Adriana no ano passado.
 
 O governador Reinaldo Azambuja afirmou que os investimentos são resultados de um trabalho que envolveu medidas duras e até impopulares. “Fizemos um governo responsável, diminuímos o tamanho da máquina pública, reduzimos os gastos com o próprio governo para investir no bem estar da população, fizemos as reformas e enfrentamos crises sem deixar de honrar nossos compromissos. Isso nos permitiu manter os investimentos nas áreas prioritárias e lançar o Governo Presente, que até o fim de 2022 vai injetar mais R$ 4,2 bilhões nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul”, finalizou.
Paulo Fernandes, Subcom
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 
   
A primeiro de janeiro de 2021 tomam posse prefeitos e vereadores
    
   
Ramiro Piergentile Neto
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS