www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Política
29/01/2008 - 22:27
Vereadores aprovam aditivo desnecessário para aquisição de ônibus escolar
Hora da Notícia

O prefeito municipal de Costa Rica convocou os nove vereadores (a) nesta segunda-feira (29)para analisarem alteração na lei nº. 887 de 2007 que autorizou o executivo a contratar empréstimo no valor de R$ 600 mil, junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Os vereadores suplementaram o valor em R$ 119.700 alterando para R$ 719.700 e autorizaram 5% de aditivo no total para aquisição dos 04 ônibus com 44 lugares para o transporte escolar rural no programa Caminho da Escola.

Os coletivos foram licitados na modalidade “Pregão” e tiveram um acréscimo de R$ 119,600 mil. O valor total dos ônibus foi alterado para R$ 719.600 mil e não sofreu correção conforme informou a assessoria da Caixa Econômica Federal ao Hora da Notícia.O executivo fez uma solicitação curiosa aos vereadores, pediu 25% de aditivo sobre o valor alterado mesmo sabendo que a licitação “Pregão” já foi realizada tendo a empresa Indústria e Comércio de Carrocerias Ltda (CAIO) vencido o certame com preço de R$ 172.700 mil para cada veículo.
Somando os 04 ônibus ao custo de R$ 172.700 cada coletivo vai somar R$ 690.800. Os vereadores não se atentaram para esse detalhe e não fizeram questionamentos sobre essa diferença.

Duas emendas foram apresentadas, a vereadora Evair Gomes Nogueira (PSDB) apresentou emenda autorizando o valor exato dos coletivos de R$ 719.600 mil. Já o vereador Ivan da Cruz Pereira (Xixi-PDT) apresentou emenda com 5% de aditivo (acréscimo) sobre o valor total.

Evair foi favorável a aprovação do projeto para aquisição dos ônibus e contra o aditivo proposto pelo executivo e disse, “não é necessário, uma vez que a licitação foi concluída e o valor não será mas alterado”, afirmou.

O vereador Xixi, autor da emenda pedindo aditivo fez uma afirmação hilária, “nos entendemos que não há necessidade dos recursos, mas não queremos prejudicar o projeto”, com essa afirmação o vereador demonstrou não saber o que estava aprovando.



Hora da Notícia.




É permitida a reprodução do conteúdo desta página desde que seja citada a fonte, Hora da Notícia. Todos os direitos reservados.
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 


   
Previdência: reforma corta pensão por morte pela metade e prejudica os cônjuges
    
   
Ramiro Piergentile Neto
Direito de Opinar
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   horadanoticiaredacao@hotmail.com   |   Costa Rica - MS