www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Esporte
01/03/2021 - 16:30
Município adia aulas presenciais e define retorno de forma remota a partir de 1º de março
Foto: Reprodução

O Município de Costa Rica, através da SEMED (Secretaria Municipal de Educação) definiu nesta quarta-feira (24) que o retorno das aulas para o ano letivo de 2021 na REME (Rede Municipal de Ensino), ocorrerá a partir da próxima segunda-feira (1º)  de forma remota.  A modalidade de ensino deve permanecer neste formato pelo menos até 31 de março, podendo ou não ser prorrogada.  

Conforme a secretária municipal de Educação, professora Maria Barbosa, a decisão de adiar o retorno no formato presencial foi tomada após reunião com o chefe do executivo, Cleverson Alves dos Santos, bem como com toda equipe de coordenação pedagógica da REME.

A gestora explicou que, apesar da SEMED ter elaborado o Plano Municipal de Biossegurança, capacitado servidores, e contar com todos os equipamentos de proteção necessários e insumos, foi levado em consideração o atual cenário de proliferação do coronavírus, a indisponibilidade de vacina para profissionais, assim como as orientações e decisões da Assomasul (Associação dos Municípios de MS).

“Apesar da chegada da vacina, nós continuamos bastante preocupados com a situação da pandemia em nosso país. Estamos mantendo o diálogo com professores, servidores, alunos, familiares e toda a comunidade escolar, ouvindo os anseios e preocupações de todos.  Nosso objetivo é garantir que o ano letivo ocorra da melhor maneira possível para não prejudicar a aprendizagem das nossas crianças, jovens e adolescentes” frisou a secretária.

De acordo com o prefeito, o Município também vem avaliando desde a primeira semana do ano as ações necessárias para adequação de todo o ambiente escolar. “Analisamos com cuidado e optamos por adiar um pouco mais o retorno presencial dos nossos alunos. Nosso desejo é que tanto os alunos quanto todos os servidores pudessem ser imunizados antes do início do ano letivo, entretanto ainda dependemos da liberação da comercialização da vacina” explicou Cleverson.

A SEMED informou que até o final de março as aulas serão pela internet, via aplicativos, e por meio de atividades que podem ser retiradas na própria unidade escolar a partir da próxima segunda-feira. Vale ressaltar que é imprescindível que os pais ou responsáveis mantenham o contato atualizado junto as secretarias das Escolas ou CEI’s (Centros de Educação Infantil).

Assessoria de Comunicação

 

    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 
   
CASO HENRY: VIOLÊNCIA CONTRA A CRIANÇA NÃO DISTINGUE CLASSE SOCIAL
 
    
   
Cientistas descobrem caminho para tratar a depress
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS