www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Saúde
09/06/2021 - 15:17
Apenas uma dose: Conheça a vacina que pode imunizar toda a população de MS até o fim do mês
Foto: Reprodução
Mato Grosso do Sul pode se tornar o primeiro estado do Brasil a vacinar toda a população. Isso porque o Cosems-MS (Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Mato Grosso do Sul) fez pedido para que 3 milhões de doses da Janssen fossem enviadas para o Estado. O destaque também vai para o imunizante contra o coronavírus da Johnson & Johnson que é de dose única.
 
De acordo com a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), a vacina contra Covid-19 da Janssen possui eficácia de 85% na prevenção de casos graves da doença. Além disso, a efetividade também foi comprovada em voluntários com 60 anos ou mais
 
O estudo foi desenvolvido pela farmacêutica Janssen, da Johnson & Johnson. Houve parceria entre os Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos (National Institutes of Health – NIH), por meio da CoVPN (Rede de Prevenção a Covid-19 do NIH).
 
Com uma dose apenas, a eficácia de 85% em casos graves da Covid-19 foi comprovada em todos os públicos que participaram da pesquisa. Foram mais de 44.325 voluntários nos Estados Unidos, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru e África do Sul.
 
Então, com os resultados, a Fiocruz ressaltou que uma dose da vacina Janssen “oferece proteção completa contra hospitalizações e morte por Covid-19”.
 
Além disso, em 12 de março foram divulgados dados do laboratório farmacêutico que a vacina da Janssen possui eficácia contra a variante brasileira. São 87% de efetividade contra formas graves da cepa.
 
O Brasil deve receber na próxima semana 3 milhões de doses da vacina da Johnson & Johnson. No entanto, os imunizantes possuem validade até 27 de junho.
 
Sendo assim, o país teria cerca de 14 dias apenas para receber, distribuir e aplicar as doses. Lembrando que, as ampolas podem ser mantidas em temperaturas entre 2ºC e 8ºC.
 
Assim, MS tenta aprovação de Conselhos Estaduais para conseguir vacinar toda a população. Por fim, o Estado pretende fazer um estudo sobre a eficácia do imunizante em cenários críticos da doença.
Dândara Genelhú/Midiamax
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 
   
Necessidade de desenvolvermos a inteligência emocional
    
   
Covid-19
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS