www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca
   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Notícias
Busca 
Política
10/06/2021 - 08:37
No 2º turno, vantagem de Lula sobre Bolsonaro cai 7 pontos
Foto: Sérgio Lima/Poder360
O ex-presidente Lula venceria Jair Bolsonaro no 2º turno se as eleições fossem agora, segundo pesquisa PoderData realizada nesta semana (7-9.jun.2021). A vantagem, no entanto, mostra tendência de queda.
 
O petista tem 48% das intenções de voto contra 37% do atual presidente ­­–diferença de 11 pontos percentuais. Em abril, marcava 52% enquanto Bolsonaro estava em 34%, uma distância de 18 pontos.
 
A variação a cada mês da intenção de voto em Lula e Bolsonaro no 2º turno tem ficado dentro da margem de erro da pesquisa, de 2 pontos percentuais.
 
Esta pesquisa foi realizada no período de 2ª a 4ª feira desta semana (7 a 9 de junho de 2021) pelo PoderData, a divisão de estudos estatísticos do Poder360. A divulgação do levantamento é feita em parceria editorial com o Grupo Bandeirantes.
 
Foram 2.500 entrevistas em 522 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.
 
Para chegar a 2.500 entrevistas que preencham proporcionalmente (conforme aparecem na sociedade) os grupos por sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData faz dezenas de milhares de telefonemas. Muitas vezes, mais de 100 mil ligações até que sejam encontrados os entrevistados que representem de forma fiel o conjunto da população.
 
DORIA E CIRO MELHORAM CONTRA BOLSONARO
Identificados como candidatos de “3ª via”, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), apresentaram considerável melhora nos cenários de 2º turno contra o presidente Jair Bolsonaro.
 
Doria saltou 7 pontos em relação à pesquisa anterior, no início de maio. Está numericamente empatado com o presidente, os 2 com 39%.
 
Ciro, que aparecia tecnicamente empatado com o presidente em maio (38%, contra 41% de Bolsonaro), subiu 6 pontos. Agora marca 44%, superando os 36% do atual ocupante do Palácio do Planalto.
 
A melhora de João Doria e de Ciro Gomes coincide com a mudança de estratégia de ambos.
 
O governador paulista começou 2021 tentando se impor ao PSDB quase como nome único para ser o candidato a presidente no ano que vem. Também passou para muitos empresários uma imagem de certa arrogância ao decidir os protocolos de distanciamento social e de fechamento dos estabelecimentos comerciais. De abril para cá, o tucano amenizou sua atuação. Procurou empresários para conversar e busca uma atuação menos beligerante dentro de seu partido.
 
Ciro Gomes contratou João Santana, que foi condenado no Mensalão e fez campanhas presidenciais para Lula (2006) e Dilma Rousseff (2010 e 2014). O marqueteiro tem suavizado a imagem do pré-candidato do PDT a presidente, mostrando Ciro em filmes mais informais na internet.
 
O apresentador Luciano Huck segue em vantagem contra Bolsonaro. Tem 45%, com 10 pontos à frente. Os 2 registraram variação dentro da margem de erro em relação à rodada anterior.
 
PESQUISAS MAIS FREQUENTES
O PoderData é a única empresa de pesquisas no Brasil que vai a campo a cada 15 dias desde abril de 2020. Tem coletado um minucioso acervo de dados sobre como o brasileiro está reagindo à pandemia de coronavírus.
 
Num ambiente em que a política vive em tempo real por causa da força da internet e das redes sociais, a conjuntura muda com muita velocidade. No passado, na era analógica, já era recomendado fazer pesquisas com frequência para analisar a aprovação ou desaprovação de algum governo. Agora, no século 21, passou a ser vital a repetição regular de estudos de opinião.
    
› Deixe sua opinião
Nome  
E-mail  
Mensagem 
 
Digite as duas palavras que você vê abaixo:
 
 
   
Necessidade de desenvolvermos a inteligência emocional
    
   
Covid-19
    
   
    
   
Joana Mundim

O aniversário da amiga Joana Mundim nesta segunda-feira (24) é motivo para uma...

    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS