Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

www.horadanoticia.com.br
Aqui você lê o que acontece de fato
 
    Hora da Notícia (67) 9924-2726    Busca

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

   Primeira Página
   Notícias
      › Brasil
      › Alcinópolis
      › Camapuã
      › Chapadão do Sul
      › Costa Rica
      › Figueirão
      › Paraíso das Águas
   Guia de Negócios
   Agenda de Eventos
   Colunistas
   Galeria de Fotos
   Aniversariantes
   Notas Breves
   Charges
   Entrevistas
   Quem Somos
   Expediente
   Anuncie Aqui!
   Fale Conosco
  Informativo
  Cotações
Editorial
Por Ramiro Piergentile Neto
05/02/2017
Acendeu a luz amarela

Nesta tarde o CREC, jogando no estádio Morenão em Campo Grande, foi surpreendido pelo time mais jovem da competição, o recém promovido pela primeira vez a série A do estadual, União ABC, que havia sido goleado pelo Operário na primeira rodada do sul-mato-grossense, que jogando em casa conseguiu um resultado inesperado até para o mais otimista torcedor do ABC e também para o mais pessimista torcedor do Cobra do Norte, ainda mais pelas circunstância do jogo.
 
O CREC um aspirante ao título, enfrentou um time que como dito anteriormente, havia sido massacrado na primeira rodada do Estadual, seriam três pontos obrigatórios para quem visa as duas primeiras posições no grupo A, posição esta, quase essencial para que o objetivo da inédita final se concretize.
 
O time começou bem, e a camisa 9 que nos treinos parecia uma preocupação, parece estar sanada, Kadu foi as redes duas vezes chegando a 3 gols em duas partidas, o CREC chegou abrir dois a zero, viu o time da capital reduzir, mas logo teve a vantagem de dois gols novamente  quando Weligton fez 3 a 1 para o time de Costa Rica, porem nos últimos 10 minutos, um apagão digno dos “7 a 1 da copa” parece ter assolado o time do interior, que sofreu 3 gols do frágil ABC, uma virada inexplicável, 4 a 3 para o time mandante.
 
O resultado preocupa, a luz amarela esta acesa, o desempenho dos treinos não estão aparecendo nos jogos, o time tem trabalhado duro, mas o resultado não chegou, o experiente treinador Marcio Máximo terá muito trabalho, mas sua experiência em seleções africanas, divisão de base da seleção brasileira e na premier league escocesa levam a crer que capacidade para tirar o time desta situação ele possui, mas o resultado vai precisar aparecer porque o futebol não perdoa.
 
A comissão técnica apresenta ser bem competente, existe um bom orçamento, excelente infra estrutura, o elenco foi escolhido com a experiência de vários profissionais, o que ficou claro é que a chegada de jogadores pontuais é de extrema necessidade para que o objetivo continue, e que seja feita logo, para que os bons atletas que estão no elenco não sejam “queimados” e “crucificados” em casa como de costume, urgência antes que seja necessário a contratação de reforços para evitar um vexame.
 
Apenas um ponto conquistado dos seis possíveis, e contra os dois adversários que eram considerados os mais frágeis da chave diante das dificuldades que estes times passaram.
 
Enquanto o “badalado” CREC passa por dificuldades, outro resultado surpreendente foi a SERC derrotar o Comercial pelo placar de 3 a 2, em jogo realizado em Campo Grande, porém com mando de campo para o time do interior, o jogo aconteceu no horário que estava destinado para o jogo do CREC, a SERC é líder do grupo A com 4 pontos, mas o Operário ainda fará sua segunda partida, neste domingo diante do Novo e pode assumir a liderança.
 
Mais uma coisa que chama atenção o CREC teve seu estádio interditado na primeira rodada, por determinação do Promotor do direito do consumidor Fabricio Azambuja, teve seu jogo adiado, agora, mais um horário alterado, “forças maiores” parecem “minar” o Cobra do norte, espero que não passemos por situação maculadas ao enfrentar os grandes da capital.
 
A torcida em Costa Rica está alvoroçada, mas agora é a hora de apoiar o CREC, que vai precisar da força da torcida para reverter a situação que se encontra, a cobrança é necessária e saudável, porém agora é hora de respeitar e empurrar o time, apoiar para que os profissionais que estão representando nossa cidade tenham a paz para levar o CREC ao topo.
 
O time de Costa Rica terá uma semana para trabalhar até o confronto com o Operário no Estádio Laertão ás16 horas do dia 12.
Notícias em Destaque
19/04/2018 Justiça transfere para Capital e fraciona em 3 partes júri de morte do advogado Nivaldo
19/04/2018 Comissão do Senado aprova fim de símbolo de alerta transgênico
19/04/2018 Dia do Índio Um milhão de indígenas brasileiros buscam alternativas para sobreviver
18/04/2018 STF confirma que ex-senador Demóstenes Torres pode disputar eleição
18/04/2018 Desembargador manda desbloquear bens de Semy Ferraz, ex-secretário de Obras
 
     COLUNISTAS
  
     GALERIA DE FOTOS
Pré-candidatura a prefeito de Rogério ganha apoio da cupúla Tucana
  
Imagem do dia
Policia civil de Costa Rica queima quase 600 quilo de maconha
 
   
A irmandade dos falsos cegos
    
   
Lincoln Secco
    
   
    
Publicidade
Hora da Noticia   |   (67) 9924-2726   |   [email protected]   |   Costa Rica - MS